Company logo

SJMR Brasil - Analista Social (Interiorização)

Jesuítas BrasilEffective
Apply for the job

Job description

Serviço Jesuíta para Migrantes e Refugiados Brasil (https://sjmrbrasil.org/é uma instituição especializada em migração, deslocamento forçado e refúgio. Organizada em 50 países, o SJMR tem beneficiado milhares de pessoas migrantes com a prestação de serviços gratuitos, intervenções emergenciais, proteção, projetos de educação, integração, apoio psicossocial e pastoral. A instituição atua em favor de um maior acolhimento e hospitalidade da sociedade brasileira aos migrantes e refugiados, promovendo e protegendo sua dignidade e direitos e acompanhando seu processo de inclusão e autonomia.

No Brasil, SJMR conta com cinco escritórios: Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), Boa Vista (RR), Manaus (AM) e Porto Alegre (RS).


O SJMR Brasil busca para o seu quadro Analista Social para atuar no escritório de Porto Alegre /RS.

Responsabilities and assingments

Respondendo diretamente à instituição contratante e em estreito contato com a equipe do ACNUR, o(a) Analista Social - Redes e Interiorização será responsável por desempenhar as seguintes funções:


• Representar conjuntamente ao Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados e o ACNUR no Núcleo Regional de Interiorização (NURIN) correspondente daquele território, trabalhando em conjunto com outros atores da Operação Acolhida, rede local, organizações da sociedade civil, instituições públicas e parceiros;

• Atuar na ampla divulgação dos serviços prestados pela ASAV Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados e pelo ACNUR para a população venezuelana interiorizada na área coberta pelo respectivo NURIN;

• Participar de reuniões e foros de redes de coordenação locais que tratem da chegada e integração da população interiorizada na área de cobertura do NURIN correspondente;

• Apoiar no mapeamento e engajamento de atores e instituições públicas e privadas que apoiam ou possam vir a apoiar pessoas refugiadas e migrantes interiorizadas;

• Fortalecer o trabalho em rede de organizações governamentais e não-governamentais que atuam em apoio a população refugiada e migrante interiorizada;

• Apoiar no mapeamento e captação junto a agentes governamentais e não governamentais, conforme a área de abrangência de cada NURIN, a disponibilização de vagas em Centros de Acolhida e casas de passagem para refugiados e migrantes beneficiários da estratégia de interiorização;

• Participar, quando necessário, da recepção inicial dos refugiados e migrantes interiorizados para os municípios inseridos na área geográfica de abrangência do Núcleo, observadas as diretrizes estabelecidas pelo Subcomitê de Interiorização;

• Em parceria com o ACNUR, atuar na capacitação de integrantes dos governos locais, organizações da sociedade civil e gestores de centros de acolhida e casas de passagem que prestam apoio às pessoas refugiadas e migrantes, sobretudo no que tange aos padrões de proteção; às políticas de Intermediação laboral e apoio ao empreendedorismo; às diversas possibilidades de regularização e acesso a documentação; formas de promoção de integração social e inserção laboral; gestão dos espaços de acolhida; identificação e proteção de populações vulneráveis (crianças, mulheres, vítimas de violência de gênero, LGBTI, etc.); 

• Orientar instituições receptoras de refugiados e migrantes interiorizados sobre o referenciamento adequado às redes protetivas daqueles indivíduos vulneráveis que necessitarem de acesso à saúde, educação, justiça, documentação, proteção social, trabalho, serviços psicossociais, e às políticas públicas de habitação, cultura, esporte e lazer;

• Apoiar o ponto focal de meios de vida da ASAV Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados na inclusão da população interiorizada nas ações de parcerias com atores públicos e privados com capacidade para realizar processos de capacitação (ex. Sistema S, SEBRAE), no que tange ao domínio da língua portuguesa, inserção laboral, adaptação cultural, empreendedorismo, acesso ao sistema bancário e acesso a serviços públicos em geral; 

• Apoiar a produção de dados e informações sobre a população interiorizada;

• Acompanhar a integração socioeconômica da população interiorizada e casos mais vulneráveis que demandem atenção especial.

Requirements and qualifications

• Graduação em Serviço Social, Relações Internacionais, Ciências Sociais, Ciências Políticas, Gestão Pública, Gestão de Projetos Sociais ou áreas afins;

• Experiência mínima, comprovada, de 02 anos em atividades relevantes à função;

• Bom conhecimento das políticas públicas sociais e de acesso a trabalho no Brasil;

• Bom conhecimento sobre assistência a refugiados e migrantes no Brasil – acesso a direitos e normativas que regem o tema;

• Habilidade de conduzir advocacy;

• Conhecimento de espanhol e inglês será considerado um diferencial;

• Sensibilidade para trabalhar em ambiente multicultural e com pessoas em situação de vulnerabilidade social;

• Conhecimento de ferramentas de informática para edição de textos e planilhas (Word, Excel e Power Point);

• Boa capacidade de trabalho em equipe, boa comunicação e habilidade de trabalho em conjunto com outras organizações.

Additional information

Contrato CLT

44h Semanais de segunda à sexta-feira

Quem somos?

Somos a Companhia de Jesus, também conhecida como Ordem dos Jesuítas, fundada pelo basco Inácio de Loyola e aprovada oficialmente pelo Papa Paulo III, em 27 de setembro de 1540. Em quase 480 anos de história, temos colaborado com a transformação da sociedade por meio da espiritualidade, da promoção social, do diálogo intercultural e inter-religioso, do serviço da fé e da promoção da justiça. Oferecer educação de qualidade é outra marcante característica da Companhia de Jesus, responsável pela produção de conhecimento para o desenvolvimento social por meio da pesquisa científica e do aprofundamento intelectual.


Atualmente, somos cerca de 16 mil jesuítas atuando em torno de 100 países dos cinco continentes. Hoje, no Brasil, são mais de 450 jesuítas e 8 mil colaboradores atuando em 21 estados brasileiros e Distrito Federal, nas áreas Educação, Social, Espiritualidade, Serviço da Fé, Juventude e Vocacional, entre outras.












?